Um homem com uma câmera

Um homem com uma câmera

CHELOVEK S KINO-APPARATOM | 1929 | URSS | Documentário
Direção: Dziga Vertov | Elenco: Mikhail Kaufman

Parte documentário, parte cinema, este filme acompanha uma cidade na União Soviética da década de 20, do dia até a noite. Com direção de Dziga Vertov, uma variedade de filmagens inovadoras e complexas retrata cenas do cotidiano na Rússia, celebrando a modernidade da cidade.

CURIOSIDADES: Filmado por um período de três anos e extremamente inovador para a época em que foi lançado, em 1929, o filme ficou muito famoso por apresentar para o público todos os tipos de técnicas de câmera possíveis até então, entre elas dupla exposição, câmera acelerada, câmera lenta, quadros congelados, telas divididas, close-ups extremos, filmagem de trás para frente e animação em stop motion. Embora pareça se passar em uma única cidade, o filme foi filmado em Moscou, Odessa, Kharkiv e Kiev, quando estas três últimas faziam parte da União Soviética, porém, hoje elas fazem parte da Ucrânia. Preocupado com a forma como o filme seria recebido e que ele poderia ser destruído pelos censores do governo, o diretor Dziga Vertov enviou mensagens para o Pravda, principal jornal da União Soviética, para tentar explicar as intenções do filme e sua posição anticonvencional contra o cinema regular, uma tática que deu certo e criou um maior interesse pela obra.

Um homem com uma câmera