O chicote e o corpo

O chicote e o corpo

LA FRUSTA E IL CORPO | 1963 | Itália, França
Direção: Mario Bava
Elenco: Daliah Lavi, Christopher Lee, Tony Kendall
Classificação indicativa: 16 Contém: Conteúdos mais violentos com conteúdo sexual mais intenso. Temas sensíveis
Habilite a legenda no botão CC ao canto direito do player

O fantasma de um nobre sádico tenta reacender seu romance com sua ex-amante masoquista e aterrorizada, que está noiva de seu irmão contra sua vontade.

CURIOSIDADES: Este foi um dos poucos filmes europeus que Sir Christopher Lee fez sem fornecer sua voz para a dublagem na pós-produção, pois ele já havia retornado para casa, na Suíça, se arrependendo depois por não ter esperado para dublar, pois considerava este o melhor de seus filmes europeus. A maioria do elenco e da equipe técnica foram obrigados a usar pseudônimos em inglês porque os produtores esperavam enganar o público italiano pretendendo que pensasse que o filme foi produzido incógnito por um estúdio britânico ou americano, como a Hammer Film Productions ou American International Pictures. Quando o produtor Luciano Martino sugeriu ao diretor Mario Bava que usasse "um antigo nome americano" como pseudônimo, ele jocosamente levou a sugestão a um grau literal assinando como "John M. Old".

O chicote e o corpo